Cuide do seu coração!

As doenças cardiovasculares têm sido a principal causa de morte no mundo todo, levando milhões de pessoas a sofrerem de problemas coronarianos, como ataques cardíacos e derrames.
Foi por isso que a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu 29 de setembro como o Dia Mundial do Coração.

A data ajuda a lembrar que esses problemas podem acontecer a qualquer um, em qualquer idade e incentiva a todos a prezarem mais por sua saúde e bem-estar, adotando um estilo de vida mais saudável, com mudança de hábitos de alimentação, exercícios e lazer.

Quantos de nós e dos que conhecemos não são apaixonados por refrigerantes ou não resistem àquelas guloseimas, doces, frituras…?

Mas é possível viver bem, levando uma vida saudável e feliz, quando deixamos essas “extravagâncias” para ocasiões pontuais, mantendo o equilíbrio.

FATORES DE RISCO

  • MEXA-SE! – Não praticar nenhum tipo de atividade física aumenta o risco de uma doença coronária. Desde 1992, a American Heart Association incluiu o sedentarismo na lista dos principais fatores de risco que podem ser alterados;
  • FEZ SEU CHECK-UP? – Estar com seus exames e visitas ao médico em dia são de fundamental importância. Os índices de colesterol, controle da pressão, entre outros cuidados são essenciais para evitar possíveis problemas com seu coração;
  • É PROIBIDO FUMAR! – Todos sabemos que o tabagismo é prejudicial à saúde em vários níveis, mas a nicotina também pode estreitar veias e artérias, enquanto outros componentes do cigarro lesam o endotélio – que é a camada que reveste os vãos – e lesam o caminho do sangue, deixando o ambiente propício para a formação de placas de gordura e trombos;
  • E SUA FAMÍLIA? – Conhecer seu histórico familiar de doenças e compartilhá-lo com seu médico é essencial para adequar tratamentos ou medidas preventivas.

SINTOMAS

– cansaço extremo após esforços físicos;
– dores ou queimação no peito;
– formigamento nos membros, principalmente braço esquerdo;
– dores na mandíbula;
– dores no estômago (que irradiam ou não para as costas);
– náuseas e/ou vômitos;
– suor frio;
– desmaio.

Mas, atenção, MULHERES!

Os sintomas femininos, além dos clássicos, podem ser um pouco diferentes. Fiquem atentas:

– enjoos e tonturas;
– dores nas costas que parecem musculares;
– faltas de ar constantes;
– cansaço inexplicável;
– desconforto no peito;
– arritmia.

Isso acontece porque o coração da mulher tem uma anatomia menor que o do homem e caso haja um entupimento, suas artérias de calibre menor exigem mais cuidados.

Além disso, é preciso redobrar a atenção, pois mulheres são mais resistentes à dor e pelos sintomas costumarem ser mais discretos, acabam retardando o atendimento, o que pode ser até fatal em casos de infarto.

PREVENÇÃO

Exames, alimentação, exercícios… não é um bicho de sete cabeças cuidar do seu coração. A maioria dos especialistas garante que quase todas as ocorrências poderiam ter sido evitadas com as simples medidas de hábitos saudáveis.

Um estudo da Universidade de São Paulo (USP) já demonstrou que a prática regular de atividade física diminui as chances de insuficiência cardíaca e estresse. O grupo que passou por sessões de corrida demonstrou grande aumento na função cardíaca quando comparado ao grupo sedentário.

As vantagens estão relacionadas à redução do colesterol e dos níveis de glicemia, pois quando praticamos exercício, aumentamos o nosso metabolismo e queimamos ‘gordura’ e ganhamos massa magra, contribuindo para diminuição da pressão arterial e do estresse, segundo informações da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP).

Além disso, uma dieta saudável unida à atividade física regular são atitudes essenciais para viver mais e chegar à terceira idade com saúde. E não só a do coração, mas com toda a vitalidade para aproveitar a longevidade que estamos atingindo – com qualidade!

Hábitos saudáveis simples transformar o nosso cotidiano e melhoram nossa saúde física e mental; cuida da autoestima; além de ser excelente ferramenta para amenizar sintomas de depressão e de ansiedade.

Cuide do seu coração, pois é ele quem garante todo o funcionamento de seu corpo, como o motor de uma máquina. E ganhe qualidade de vida para viver mais e melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *