Fitness Brasil reúne grandes nomes do mercado da Educação Física

Em comemoração ao dia do profissional de educação física, lives no Instagram da @fitnessbrasil_oficial apresentaram um panorama completo do presente e do futuro da área

Por Yara Achôa, Fitness Brasil
2/9//2021

O dia do profissional de educação física, festejado em 1 de setembro – data em que a lei que regulamenta a profissão entrou em vigor –, reuniu grandes nomes da área no perfil da Fitnes Brasil no Instagram. Estiveram presentes Suzana Silva (Beach Tennis e Tênis); Caue La Scala e Krom Guedes (treinamento funcional); Aylton Figueira Júnior (imunidade e Covid); Tavicco Moscatello (escalabilidade de clientes); Alan Q. Costa (esporte eletrônico) e Danilo Garcia (profissionais empreendedores). No comando das lives, Fabio Saba, Carol Ghorayeb e Bicudo. Confira os principais destaques:

Beach Tennis e Tênis, por Suzana Silva
Ela iniciou no tênis aos 7 anos de idade e, após uma carreira infanto-juvenil de alto rendimento, formou-se em Educação Física pela USP e desenvolveu sua metodologia de ensino. Publicou dezenas de artigos na imprensa especializada e escreveu dois livros voltados ao ensino de tênis. Dedicada a promover o uso do tênis como ferramenta educativa e de lazer desde 1986, e em 2021 agregando às suas ações formativas e de lazer o beach tennis, Suzana destacou a importância das modalidades: “Ensinam competências para usarmos em nossa vida fora das quadras; são esportes saudáveis e podem ser praticados em qualquer idade; são fáceis e divertidos de aprender; podem ser praticados em qualquer lugar.”

Sobre o recente boom do Beach Tennis, acredita que vários fatores contribuíram para a popularização: é praticado ao ar livre, na areia, com gostinho de praia; é um pouco mais fácil que o tênis; o iniciante troca bola desde o primeiro dia; um iniciante pode jogar com um veterano; campeonatos por todo o Brasil estimulam a prática. “É uma atividade bastante inclusiva”, diz.

Assista a entrevista completa: Fitness Brasil no Instagram: “Bate papo com Suzana Silva.”

Treinamento funcional, por Cauê La Scala e Krom Guedes
Cauê é graduado em educação física, pós-graduado em fisiologia do exercício e treinamento de força, mestre em ciências e, atualmente, cursa doutorado em ciências da saúde, uma das principais referências nacionais e internacionais no Treinamento Funcional. Krom Guedes é treinador e professor, mestrando em ciências do movimento humano na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Os professores falaram como o treinamento funcional vem crescendo e o especial destaque que teve durante a pandemia. “Com as academias fechadas, o que as pessoas podiam fazer em casa? Em um cantinho, com os recursos que tinham, começaram a praticar o funcional. Acredito que a atividade tende a crescer ainda mais e ficar entre as mais praticadas no mundo”, disse La Scala. “A cada dia vemos novos praticantes, inclusive atletas de outras modalidades, como skate e surf, que precisam de fortalecimento, mas não gostam de musculação”, completa Guedes.

Assista a entrevista completa: Fitness Brasil no Instagram: “Bate-papo com Cauê La Scala e Krom Guedes”

Covid e imunidade, com Aylton Figueira Júnior
Formado em Educação Física (1985-1988), especialista em Ciências do Esporte pelo Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul, pós-graduado em Ciências do Esporte na Faculdade de Educação Física de São Caetano do Sul e Fisiologia do Exercício e Bioquímica Instituto de Esportes e não Cultura Manuel Fajardo Medicina Física, Figueira Júnior ressaltou a importância da atividade física em tempos de pandemia. “Acredito que foi uma virada de chave: as pessoas se deram conta de que é fundamental cuidar da saúde. E aposto na cultura do autocuidado: cada pessoa tem de fazer dentro de suas possibilidades, mas tem de fazer. Cada um deve ser responsável por sua saúde.”

Assista a entrevista completa: Fitness Brasil no Instagram: “Bate-papo com Aylton Figueira Júnior”

Escalabilidade de clientes, por Tavicco Moscatello
Diretor do Personal Experience, criador do Functional Circuit e diretor técnico da IHRSA Fitness Brasil por 15 anos, Moscatello contou que, com a pandemia, viu muitos colegas se mexerem e se prepararem pra oferecer opções online. “Mas ainda tem muito mercado”, revela. Porém é preciso ir além do conhecimento técnico. “O profissional tem que se preparar, entender de marketing e posicionamento digital, buscar ferramentas paralelas para captar e fidelizar clientes. Precisa interiorizar que é gestor do seu negócio, o que requer também um tempo administrativo. A escalabilidade requer um esforço a mais.”

Assista a entrevista completa: Fitness Brasil no Instagram: “Bate-papo com Tavicco Moscatello”

Esporte Eletrônico, por Alan Q. Costa (Pelezinho)
Professor de Educação Física formado pela FEFISA-SP, graduado em pedagogia, doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCOM) da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP-SP), mestre em Ciências da Motricidade Humana (UNESP-RC), hoje professor da Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco (ESEF/UPE), Pelezinho contou que até alguns anos, muitos não imaginavam que o jogador de vídeo game poderia se tornar um atleta, participando de campeonatos até em nível mundial. “Estamos todos estudando, aprendendo e reformulando os conceitos. Mas o esporte eletrônico agora é como qualquer esporte e requer dedicação e muito treino.” Especialista no tema, acredita que o jogo eletrônico pode ser a porta de entrada para a prática física. “É nosso desafio também estimular as crianças e despertar a vontade para que elas criem gosto e busquem a atividade tradicional.

Assista a entrevista completa em: Fitness Brasil no Instagram: “Bate-papo com Prof. Alan Q. Costa (Pelezinho)”

Profissionais empreendedores, Danilo Garcia
Graduado em educação física, pós-graduado em educação especial e formado pela Sociedade Brasileira de Coaching, Garcia tem mais de 14 anos de experiência, está entre os maiores especialistas em treinamento físico personalizado do Brasil e é idealizador da academia boutique Personal Club, inaugurada em 2015, em Santos. Empreendedor, ele contou que na hora de dar o primeiro passo, além de coragem e vontade, é preciso estar preparado. “Para ter resultado diferente dos outros e se destacar, existe sacrifício. E dá para ser feliz na profissão e ganhar bem, mas requer esforço”, disse.

Assista a entrevista completa: Fitness Brasil no Instagram: “Bate-papo com Danilo Garcia”

Foto de Karolina Grabowska no Pexels

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *