Academias pelo Brasil: Nad’arte, Brasília (DF)

A paixão de Wylson Philip pela natação impulsionou seu negócio, que hoje conta com cinco unidades em Brasília e uma em Natal

Por Yara Achôa, Fitness Brasil
17/9/2021

Todos os meses vamos apresentar experiências fitness nacionais, falando também de gestão, mercado, diferenciais e do dia a dia das academias pelo Brasil. Começamos com a Nad’arte, de Brasília (DF), que tem como CEO o professor de educação física Wylson Phillip, pós-graduado em administração, educação escolar e fitness total.

A história da Nad’arte

Tudo começou em 1986, quando o professor Wylson Philip dava aulas de natação muito divertidas em um clube na capital federal. Dois anos depois, com a criação de uma metodologia que unia a aprendizagem ao prazer de nadar, junto ao professor Marcelo da Costa Guedes, foi inaugurado o primeiro endereço da academia (inicialmente um espaço alugado). Em 1993, na Asa Sul, veio a primeira unidade própria. “Fomos pioneiros no sistema de aquecimento de piscinas, e fotos e filmagens subaquáticas para analisar os movimentos dos alunos, desenvolvendo métodos de ensino para melhorar a performance na natação”, conta Wylson.

Atividades oferecidas

A Nad’arte conta com mais de 12 modalidades distribuídas nas áreas cardiovascular, neuromuscular, zen e luta, sempre atenta a novidades para tornar as aulas mais dinâmicas e eficientes.

Referência em natação, oferece aulas para adultos, bebês, infantil, adultos com bloqueio aquático e hidroginástica.

Na área do fitness tem musculação, funcional, spinning, fit dance, dança de salão, alongamento, entre outras. Em lutas & zen, as opções são boxe, muay thai, karatê, jiu-jitsu, capoeira, hapkidô e pilates.  

A Nad’arte ainda oferece serviços de nutricionista, avaliação física e personal trainer para otimizar treinamentos, garantir a melhora dos resultados e assegurar a prática correta das atividades, aliadas a uma alimentação mais saudável.

Unidades

Hoje são cinco em Brasília (Asa Sul, duas na Asa Norte, Lago Sul, Lago Norte) e uma em Natal (Lagoa Nova). Todas com mesmo padrão de atendimento e modalidades.

Diferenciais

“Não medimos esforços para satisfazer o cliente”, diz Wylson. Ele conta que aplica uma “teoria” para reforçar essa ideia. “Em uma semana, temos 168 horas. Se a pessoa permanece cerca de uma hora na academia três vezes por semana – que é a recomendação dos órgãos mundiais para manutenção da saúde –, ela está investindo quase 2% de seu tempo semanal ali. Esse tempo tem que ser bom para que ela se sinta confortável e retorne. Nossa missão é transformar vidas e proporcionar maior qualidade de vida por meio de métodos inovadores, atividades físicas, esporte e cuidado com cada um de nossos alunos. Sempre guiados por nossos valores fortalecidos em seis pilares: equipe, dedicação, amizade, comprometimento, família e paixão.”

O mercado

No atual momento de retomada das atividades, passada a fase mais crítica da pandemia, o CEO nota que as pessoas voltaram para a atividade física mais preocupadas com o bem-estar geral. “Mais do um corpo bonito, elas querem saúde. Por aqui o movimento foi mais forte na parte aquática do que no fitness.”

Concorrentes

Mais do que ver como os outros estão trabalhando, Wylson gosta de olhar e analisar tendências. “É importante ter definidos propósito, missão e valores e descobrir o que fazemos de melhor para focar, mas observando também o que acontece em todo o universo da atividade física.”

Presença virtual

Há cinco anos, a Nad’arte investe fortemente nas mídias sociais, com produção de conteúdo relevante e conta com ferramentas de análises e diagnósticos para sentir a temperatura de sua presença no universo virtual. No Instagram: @academianadarte

Planos para futuro

Segundo Wylson, existem planos de crescimento. “Até podem surgir novas unidades, mas a princípio a meta é expandir nosso método de ensino.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *