Estudo revela que uma semana de inatividade física tem impacto semelhante a uma semana de sono interrompido

Segundo a pesquisa global, idealizada pela Asics, apenas quinze minutos e nove segundos de atividade física podem proporcionar elevação mental

Yara Achôa, Fitness Brasil
31/3/2022

O impacto da inatividade física no estado mental é revelado pela primeira vez no projeto Mind Race – experimento global da Asics e uma extensão do estudo Uplifting Minds, iniciado em 2021 – no qual praticantes regulares pausaram suas rotinas normais de condicionamento físico por uma semana. Inspirado pela máxima “quando as pessoas não se movem, suas mentes começam a correr”, o estudo acompanhou por três semanas mais de 50 participantes em todo o mundo, entre eles dois brasileiros, para medir o que acontece no cérebro quando pessoas ativas param de se exercitar por uma semana.

O impacto na saúde mental dos participantes do estudo foi semelhante a uma semana de sono interrompido, com relato de um aumento de 23% nos pensamentos acelerados.

Mas os resultados também provaram que pode levar apenas 15 minutos e 9 segundos de atividade física para que o estado mental seja elevado – mesmo após períodos de inatividade.

Mind Race

O estudo foi conduzido pelo pesquisador Brendon Stubbs, da King’s College London, referência global em pesquisas ligadas ao esporte e saúde mental, com mais de 17 anos de experiência e mais de 650 artigos acadêmicos publicados, a maioria deles sobre a relação entre o exercício e a melhoria do bem-estar mental.

Stubbs monitorou as pontuações do estado mental dos participantes, todos saudáveis, que concordaram em pausar suas rotinas regulares de exercícios por apenas uma semana, como parte do experimento. As pontuações foram obtidas por meio do State of Mind, índice desenvolvido pela marca que mostra o impacto da falta de movimento na saúde mental e destaca a necessidade de uma “elevação”, tendo em vista a conexão entre ambos.

Os participantes responderam questionários online enviados pelo especialista, ao final de cada semana do estudo e, aliado aos formulários, também foram orientados a utilizar a plataforma da Asics Mind Uplifter™, após cada sessão de atividade física. E também em dois períodos diferentes da semana em que não poderiam se exercitar, com a intenção de capturar o impacto da falta da atividade no estado emocional.

Os resultados são significativos, com o bem-estar cognitivo e emocional sendo impactados. Quando pessoas ativas pararam de se movimentar, sua confiança caiu 20%; a positividade caiu 16%; os níveis de energia caíram 23%; e a capacidade de lidar com o estresse foi reduzida em 22%.

Após apenas uma semana sem exercício, a pontuação geral do estado mental dos participantes caiu em média 18% – diminuindo de 68 pontos, de um máximo de 100 quando fisicamente ativos, para um mediano 55, ao pararem de se exercitar. Os efeitos dessa inatividade são capturados no filme do experimento Mind Race que acompanhou um grupo de participantes do estudo.

15 minutos para reverter

Os voluntários foram monitorados quando retornaram à rotina regular de exercícios e todos experimentaram melhorias imediatas em seu estado de espírito – mostrando a rapidez com que os efeitos negativos da inatividade podem ser revertidos. Stubbs também analisou dados de milhares de pessoas que participaram do estudo Uplifting Minds da Asics, desde junho de 2021.

O estudo usa tecnologia de ponta para imitar o eletroencefalograma (EEG) e capturar o impacto do exercício no estado de espírito das pessoas. Com base em vários dados de esportes e regiões distintas, apenas 15 minutos e 9 segundos de exercício podem afetar significativa e positivamente na saúde mental.

Comentando os resultados, Brendon Stubbs disse: “Sabemos que o exercício é bom para nossa saúde mental, mas o impacto do descanso e do reinício do exercício é menos claro. Agora, graças à nova tecnologia e à contribuição de milhares de pessoas, conseguimos identificar quanto exercício é necessário para desencadear um impacto mental positivo. Este estudo da Asics ajuda a quantificar a quantidade de exercício para melhorar a saúde mental e torná-la mais tangível. Tirar um tempo para descansar é muito importante. Este novo estudo mostra que o bem-estar das pessoas se recupera muito rapidamente após um período de descanso, quando as pessoas retomam o exercício regular novamente.”

Para Constanza Novillo, diretora de marketing da Asics para a América Latina, a marca investe em inovação, não só no desenvolvimento de produtos e tecnologias de vanguarda, mas também nos territórios de pesquisa científica para entender melhor o comportamento do consumidor final e em especial atletas profissionais e amadores. “Estamos na busca contínua de insights para melhorar produtos, serviços e experiências que possam concretizar o nosso propósito de marca de manter uma mente sã no corpo são.”

Para fazer parte do estudo da Asics e checar o impacto do exercício em sua saúde mental, acesse Uplifting Minds.

Esporte e humor

O estudo Uplifting Minds da Asics tem como objetivo, ao convidar corredores (amadores ou não) de todo o mundo, mensurar o impacto do esporte no humor das pessoas em cidades, nações e do mundo como um todo. Por meio da pesquisa, a Asics pretende aprofundar a compreensão da relação entre movimento e mente em escala global, sustentando sua crença de que o esporte tem o poder de elevar a saúde mental em todo o mundo.

À medida que todos aceitamos um mundo muito mudado após a pandemia, o poder edificante do esporte é uma constante que perdura. É por isso que nossa única ambição é capacitar o maior número possível de pessoas a experimentar os benefícios físicos e mentais do movimento. Ao participar de qualquer um de nossos diferentes eventos e ações ao longo do ano, você contribuirá para pesquisas vitais que nos ajudam a entender melhor o efeito edificante do esporte. Dessa forma, podemos continuar encontrando novas maneiras de destacar e tornar acessíveis os benefícios para todos em 2022 e além”, finaliza Yasuhito Hirota, presidente e COO da Asics global.

Gostou? Compartilhe:

Martha Gabriel

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Morbi congue dolor quis elit imperdiet eleifend. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Nullam at quam mi. Quisque a consequat dolor. Maecenas ac molestie quam, et gravida ante. Pellentesque quis dui rhoncus, maximus justo in, viverra mi. Donec congue orci in ornare tristique. Praesent ut dapibus metus. Duis rhoncus urna non massa rutrum, quis blandit felis mattis. Curabitur in metus et tortor euismod pharetra.