5 dicas para treinar em casa com segurança nos dias de folga

Academia fechada, viagem, tempo feio não impedem de manter a rotina de exercícios. Só é preciso cuidado – o ortopedista Layron Alves orienta sobre o que fazer

Fitness Brasil
29/12/2021

Muita gente está em recesso, aproveitando um pequeno período de folga, porém com vontade de continuar treinando. A época não é para pegar pesado, mas vale manter a rotina de exercícios, claro. Praticar atividade física traz benefícios para a saúde, para o corpo e para a mente – só é preciso cuidado para fazer de modo correto e não se machucar, especialmente se estiver longe de um profissional de educação física para orientar.

Para quem viajou ou encontrou a academia fechada, o ortopedista Layron Alves, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo (SBCOC), dá dicas de como treinar com segurança em casa e evitar lesões:

1. Aqueça o corpo: antes de começar a rotina de atividades em casa é preciso se aquecer para preparar e adaptar o corpo para os exercícios e, assim, evitar lesões, câimbras e trazer mais resistência e força para o organismo.

2. Respeite o seu nível: exigir demais do seu corpo, especialmente nesse período de festas, pode colocar sua saúde em risco. Por isso, opte por treinos que estejam alinhados com a sua saúde física, seja você iniciante ou uma pessoa acostumada a fazer exercícios frequentemente.

3. Aposte em roupas adequadas: mesmo em casa é preciso optar por roupas que não limitem os movimentos do corpo e um tênis que seja capaz de absorver o impacto das atividades, evitando assim, a sobrecarga da coluna e pernas.

4. Cuidado na hora fazer adaptações de casa: fique atento se o objeto aguenta o seu peso, opte por um colchonete ou tapete para realizar exercícios no chão e cuidado com peso de itens improvisados para não colocar uma carga maior do que o ideal para o seu corpo.

5. Cuide de sua alimentação e sono: independentemente do tipo de atividade física é essencial ter uma alimentação adequada com proteínas, cálcio e outras vitaminas. Além disso, procure ter uma boa noite de sono, aposte no consumo de água antes e depois do treino, pois ela garante a reposição de líquidos perdidos.

Caso surjam dores na realização de exercícios, o médico alerta: “Vá com calma e aposte em regularidade e não intensidade. Em casos de dores intensas por vários dias é melhor suspender as atividades e consultar a opinião do seu médico de confiança. Desde que sejam adotado os cuidados necessários, treinar em casa pode ser eficaz e prazeroso”, finaliza o ortopedista.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat