Aumenta a procura por atividades físicas ao ar livre

Depois de um longo período de confinamento e pela necessidade de cuidar da saúde, as pessoas têm optado por treinos ao ar livre. Especialistas analisam o cenário e falam das vantagens

Yara Achôa, Fitness Brasil
18/1/2022

Os tempos de pandemia não foram nada fáceis. Do confinamento inicial, passando pela abertura parcial, muita gente optou pelo exercício indoor e seguiu praticando dessa forma. Pelo bem da saúde física e mental, foi essencial. Mas recentemente, com o avanço da vacinação e maior flexibilização de circulação, as atividades ao ar livre voltaram a bombar. “Em 2020 tivemos de nos reinventar rapidamente e migrar para a bike indoor. Para nossa surpresa, deu muito certo. Crescemos 100% nesse período. Com a flexibilização, as pessoas foram voltando para as ruas. Agora pedalar em casa, no rolo, só quando está chovendo”, conta Gisele Gasparotto, ciclista profissional e fundadora da LuluFive, grupo de iniciação de mulheres no ciclismo de estrada e que tem em seu portfólio cursos, consultorias, palestras e e-commerce de roupas.

A treinadora Luciana Dias, da Ludias Assessoria Esportiva, percebeu movimento semelhante nas modalidades com as quais trabalha – corrida e funcional. “Fechadas em casa, as pessoas começaram a pirar. Então, incentivamos e ajudamos a virar essa chave com treinos online, porque a atividade física por si só é benéfica. Muita gente que nunca tinha feito nada, começou a acompanhar e a gostar. Quando os parques reabriram e pudemos voltar com os serviços da assessoria nesses locais, a procura aumentou. E mesmo com as academias abertas, muitos preferiam a atividade outdoor”, constata.

Com uma escola de surf em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, surfista profissional, bicampeã brasileira de surf e graduada em Educação Física, Suelen Naraísa também viu o número de aulas subir. “Tivemos um crescimento muito grande de novos praticantes. Dois fatores importantes contribuíram: estar ao ar livre e a realização de um sonho, que muita gente adiava. Com a pandemia as pessoas se deram ao direito de realizar tais desejos”, fala a atleta, que atende todos os públicos, de iniciantes a avançados, e organiza grupos de viagem internacionais para mulheres.

Entre as novas ciclistas que chegaram ao LuluFive e têm curtido o “vento na cara” existem praticantes de outras modalidades e as que nunca haviam feito qualquer exercício. “É muito bom ver a descoberta pelo esporte, que traz saúde e qualidade de vida e empodera.”

Crescimento em 2022

Um estudo do Google realizado em 2020/ 2021, combinado com o interesse por diversas modalidades e práticas esportivas em sua ferramenta de busca e comportamento no YouTube, além de dados de pesquisas anteriores da consultoria especializada Sport Track, mostrou que o interesse por exercícios em casa cresceram duas vezes. Também houve aumento no interesse por ciclismo (+144%) e natação (+230%). Segundo os dados da Sport Track, 39% do público declarou ter começado a praticar algum esporte novo no período, com destaque para caminhada (23%), corrida (18%) e bicicleta (10%). E o desejo de estar perto da natureza ganhou mais importância ao longo da pandemia. Cerca de 41% dos praticantes disseram se exercitar ao ar livre e 23% buscaram artigos para atividades externas.

Para 2022, as expectativas continuam boas para a prática outdoor. “Com a volta das provas, que é uma motivação a mais para quem corre, o mercado tende a aquecer ainda mais”, analisa Lu Dias, que em sua assessoria manteve a opção de treinos funcionais on-line. “Deu certo durante a pandemia, então continuamos. Mas são aulas mais individualizadas, com o professor interagindo com o aluno.”

Entre a turma do pedal, Gisele Gasparotto enxerga o crescimento além de peças e produtos. “Percebo uma busca por informação e orientação por parte de especialistas.”

Suelen Naraísa acredita no contínuo crescimento de sua modalidade especialmente pela sensação única e libertadora. “A pandemia, o surf nas olimpíadas, os nossos campeões ajudaram a chamar atenção. Mas o interessante é que depois do primeiro contato com esse esporte, dificilmente os praticantes não voltam. É mágico!”

Foto @surfingthulusdhoo

Benefícios da vida outdoor

Além de todos os benefícios que qualquer atividade física traz, os treinos ao ar livre apresentam vantagens como:

– Aumento de imunidade: ao acostumar o corpo com as mais variadas temperaturas, dificilmente o praticante fica doente.

São atividades anti monotonia: o verde dos parques, os percursos variados, a água salgada, tudo isso é super estimulante.

– Contato com a natureza: um banho de mar renova qualquer pessoa e a estar em meio a árvores e trilhas aumenta a energia.

– Trabalha muito mais a técnica: devido às condições de “vida real”, o corpo e a atenção são mais exigidos do que em situações controladas e confortáveis como em uma academia.

– Ajuda na produção de vitamina D: o sol é essencial para isso. 15 minutos de exposição – que pode ser feita durante a prática esportiva – são suficientes.

– A sensação de sentir o “vento na cara” é indescritível: a brisa no rosto depois de um treino intervalado de corrida, o ventão naquela descida de bike, a maresia na saída do mar são coisas que só um treino ao ar livre pode proporcionar.  

Fotos: arquivo pessoal

Leia também

Gostou? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Martha Gabriel

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Morbi congue dolor quis elit imperdiet eleifend. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Nullam at quam mi. Quisque a consequat dolor. Maecenas ac molestie quam, et gravida ante. Pellentesque quis dui rhoncus, maximus justo in, viverra mi. Donec congue orci in ornare tristique. Praesent ut dapibus metus. Duis rhoncus urna non massa rutrum, quis blandit felis mattis. Curabitur in metus et tortor euismod pharetra.